paginas de um blog consciente

terça-feira, 21 de dezembro de 2010


Natal de verdade não existe mais.
Natal agora é comercio.
Nunca mais perdi meu tempo com Natal.
Nunca gastei meu mísero dinheirinho
comprando presentes. Nunca me iludir
com essas bobagens! As pessoas não
percebem que isso somente interessa
aos comerciantes, que vendem mais e
lucram mais. Isto realmente não tem
nada a ver com o natal.
Natal de verdade é outra coisa!

FELIZ NATAL A TODOS!

3 comentários:

Anônimo disse...

o desespero das pessoas por causa do final do ano.
As festas natalinas.
Gente desesperada para viajar.
Para fazer compras.
É muita tolice!
As ruas cheias de luzes.
Prédios inteiros.
Gastos de energia sem necessidade.
Comidas feitas aos montes.
Visitas chatas.
Palavras tolas.
Fim de ano é mesmo um saco!

José María Souza Costa disse...

É Natal. A maior festa da humanidade. É tempo de perdoar mais, abraçar mais, sorrir mais, com as pessoas. É tempo de festejar a Paz, o novo dia, o novo tempo, o novo jeito de ser, é tempo de renascimento e de transformação. As famílias reúnem-se para embelezar os desejos, e enfeitar a vaidade da Vida. Por que é tempo novo, é o tempo das crianças, representada na figura do Menino Jesus. É o tempo da simplicidade, da humildade e da Celebração do Amor Maior. Os risos estam fartos, os passos apressados, e com esse sentimento de irmandade, é que comungamos com cada ser humano. Mas, é tempo de lembranças, recordações, quimeras mil, e devaneios, ainda que alguns nem saibam dos limites. É tempo de lembrar dos que nasceram, e fazem das ruas, avenidas e longadouros, a sua cama, a sua morada. É tempo de lembrar dos que nasceram, mas fazem do lixo, a causa e procura da sua alimentação, e seu sustento. É tempo de rogar piedade pelos dependentes químicos, pelos dementes, e pedir reconciliação com o Outro.
Um Feliz Natal a cada um, e que tenhamos todos Tolerância, e Tolerância e Tolerância.
FELIZ NATAL, pra você.

J.P.S. disse...

obrigado, amigo, pelo comentario.

abraços.